Ilustre visita do sucessor de São Francisco, Frei Michael Anthony Perry, ofm.

Nos dias 17 e 18 de junho, os Frades de Bebedouro que atuam no Educandário, na Casa de Santa Clara e na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, além dos diretores, funcionários e educandos do Educandário; dos assistidos e algumas famílias das referidas instituições tiveram a alegria de receber a visita do Ministro Geral da Ordem dos Frades Menores (OFM), Frei Michael Perry. Ele estava acompanhado de Frei Valmir Ramos, que em maio de 2015 foi eleito para o serviço de Definidor Geral da Ordem, quando atuava como pároco na Paróquia Sagrado Coração de Jesus em Bebedouro. Frei Perry é o sucessor de número 120 de São Francisco de Assis.

Tendo como anfitrião, Frei Fernando Aparecido dos Santos, OFM, Ministro Custodial da Custódia do Sagrado Coração de Jesus, e os Freis que atuam em Bebedouro, o Ministro conheceu todas as dependências e atividades do Educandário e da casa de Santa Clara. Visitou as casas de alguns atendidos, assistiu algumas apresentações e no final da visita participou do plantio de uma muda de Pitanga, que produz fruto saboroso que os pássaros podem se alimentar.

Segundo Frei Fernando, que os acompanhou desde a chegada em Uberlândia, no dia 15 de junho, a visita do Ministro é um ânimo para os frades darem continuidade àquilo que os primeiros franciscanos conquistaram em Bebedouro quando aqui chegaram em 1947, ou seja, 62 anos de Educandário e mais recentemente 15 anos da Casa de Santa Clara.

Frei Valmir, que conhece bem os frutos e as dificuldades enfrentadas pelas instituições administradas pelos frades com a colaboração da comunidade, pois trabalhou em Bebedouro por alguns anos, disse que o objetivo da visita do Ministro foi encontrar os freis e as pessoas envolvidas no projeto do Educandário e Casa de Santa Clara. “É uma alegria constatar que esse projeto continua dando resultados, o que é o mais importante. Frei Perry ficou encantado com a mostra do trabalho que conheceu aqui. Para ele, a alegria das crianças é sinal de que o trabalho está dando certo. Ele gosta de dizer que todo frade é sucessor de São Francisco. Ele é o animador de toda a Ordem Franciscana para que os freis, em torno de 13 mil espalhados pelo mundo, estejam sempre próximos ao carisma franciscano”, explicou Frei Ramos.

Já na cidade de Franca, o Ministro Geral encontrou com todos os frades da Custódia: Formação Inicial, Formação Permanente e Conselho Custodial. Na ocasião, propriamente no dia 19 de junho, em Franca, na Paróquia São Judas Tadeu, aconteceu a profissão solene do confrade Frei Éverton Piotto, OFM, que fez os votos perpétuos nas mãos do Ministro Geral.

Frei Éverton é natural da cidade de Pirangi, da tradicional família Piotto, e está trabalhando no Educandário. Uma alegria termos um franciscano quase conterrâneo, pois Pirangi é nossa cidade vizinha. Deus o abençoe e São Francisco de Assis o proteja sempre.

Ainda segundo Frei Valmir, que atualmente mora em Roma, ele acompanha o trabalho dos freis que estão na América Latina. “Os freis, numa vida muito simples, estão lutando em muitos lugares pela preservação dos direitos humanos e ambiental. Encontramos outras instituições e projetos que com a colaboração de muitas pessoas ajudam no desenvolvimento humano. Os franciscanos estão presentes também em situações violência e de guerra e em fronteiras, chamados lugares de fratura. Alguns desses lugares são: na Síriae na Líbia em guerra, no Congocom a epidemia do Ébola, na Ásia, na Índia, na Indonésia, nas Filipinas, no Brasil, México e El Salvador em lugares de alto índice de violência.Os franciscanos estão no meio do povo onde estão também traficantes, mas são respeitados porque estão lá para defender a vida e não para a violência ou pelas drogas, e os traficantes sabem disso, então respeitam”, esses são alguns exemplos dos lugares onde estão muitos frades, concluiu Frei Valmir.


Colaboração: Graça Maria/Jornalista




1 visualização